Armas e munições são apreendidos em Amparo

Após um desentendimento familiar, uma senhora de 56 anos registrou um boletim de ocorrência onde narrava diversos fatos, entre eles que seu irmão, um Comerciante de 58 anos teria em sua residência armas e munições e que devido a isso se sentia ameaçada.

Na tarde desta quarta feira (28/06), Policiais Civis e Militares diligenciaram na residência do comerciante a fim de averiguar a veracidade dos fatos relatados por sua irmã.

Após cientificarem sobre o teor das denuncias, o mesmo confirmou a posse das armas e as entregou aos policiais. Informou que os armamentos, 01 revolver calibre 38 e uma espingarda calibre 12 e respectivas munições eram de seu pai falecido há cerca de 10 anos.

Os objetos eram herança de família e que desconhecia a necessidade de relacionar as armas em inventário e regularizar sua documentação junto à Policia Federal.

Ciente dos fatos, o Delegado de Policia Titular do Município de Amparo, Dr. Luis Gabriel Sampaio Garcia autuou o comerciante em flagrante delito, incurso no artigo 12 da Lei 10.826/03 (Posse irregular de arma de uso permitido).

Conforme previsto na legislação vigente, foi arbitrada fiança no valor de R$ 2.800,00 (dois mil e oitocentos reais), a qual foi satisfeita e assim o autor responderá o processo em liberdade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *